Todo o dia é o dia de começar, continuar, recomeçar e se dar uma nova chance. Estar na presença de Deus é tudo na vida de uma pessoa e ler a sua Palavra Sagrada pode fazer a diferença entre vencer e perder. Faça a sua escolha e seja um VENCEDOR EM CRISTO JESUS. LEIA A BÍBLIA A PARTIR DE AGORA!

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

Leitura Bíblica 34º dia



Êxodo 17.8-16
8        Então veio Amaleque, e pelejou contra Israel em Refidim.
9        Por isso disse Moisés a Josué: Escolhe-nos homens, e sai, peleja contra Amaleque; amanhã eu estarei sobre o cume do outeiro, e a vara de Deus estará na minha mão.
10     E fez Josué como Moisés lhe dissera, pelejando contra Amaleque; mas Moisés, Arão, e Hur subiram ao cume do outeiro.
11     E acontecia que, quando Moisés levantava a sua mão, Israel prevalecia; mas quando ele abaixava a sua mão, Amaleque prevalecia.
12     Porém as mãos de Moisés eram pesadas, por isso tomaram uma pedra, e a puseram debaixo dele, para assentar-se sobre ela; e Arão e Hur sustentaram as suas mãos, um de um lado e o outro do outro; assim ficaram as suas mãos firmes até que o sol se pôs.
13     E assim Josué desfez a Amaleque e a seu povo, ao fio da espada.
14     Então disse o Senhor a Moisés: Escreve isto para memória num livro, e relata-o aos ouvidos de Josué; que eu totalmente hei de riscar a memória de Amaleque de debaixo dos céus.
15     E Moisés edificou um altar, ao qual chamou: o Senhor é minha bandeira.
16     E disse: Porquanto jurou o Senhor, haverá guerra do Senhor contra Amaleque de geração em geração.

Êxodo 18
1        ORA Jetro, sacerdote de Midiã, sogro de Moisés, ouviu todas as coisas que Deus tinha feito a Moisés e a Israel seu povo, como o Senhor tinha tirado a Israel do Egito.
2        E Jetro, sogro de Moisés, tomou a Zípora, a mulher de Moisés, depois que ele lha enviara,
3        Com seus dois filhos, dos quais um se chamava Gérson; porque disse: Eu fui peregrino em terra estranha;
4        E o outro se chamava Eliézer; porque disse: O Deus de meu pai foi por minha ajuda, e me livrou da espada de Faraó.
5        Vindo, pois, Jetro, o sogro de Moisés, com seus filhos e com sua mulher, a Moisés no deserto, ao monte de Deus, onde se tinha acampado,
6        Disse a Moisés: Eu, teu sogro Jetro, venho a ti, com tua mulher e seus dois filhos com ela.
7        Então saiu Moisés ao encontro de seu sogro, e inclinou-se, e beijou-o, e perguntaram um ao outro como estavam, e entraram na tenda.
8        E Moisés contou a seu sogro todas as coisas que o Senhor tinha feito a Faraó e aos egípcios por amor de Israel, e todo o trabalho que passaram no caminho, e como o Senhor os livrara.
9        E alegrou-se Jetro de todo o bem que o Senhor tinha feito a Israel, livrando-o da mão dos egípcios.
10     E Jetro disse: Bendito seja o Senhor, que vos livrou das mãos dos egípcios e da mão de Faraó; que livrou a este povo de debaixo da mão dos egípcios.
11     Agora sei que o Senhor é maior que todos os deuses; porque na coisa em que se ensoberbeceram, os sobrepujou.
12     Então Jetro, o sogro de Moisés, tomou holocausto e sacrifícios para Deus; e veio Arão, e todos os anciãos de Israel, para comerem pão com o sogro de Moisés diante de Deus.
13     E aconteceu que, no outro dia, Moisés assentou-se para julgar o povo; e o povo estava em pé diante de Moisés desde a manhã até à tarde.
14     Vendo, pois, o sogro de Moisés tudo o que ele fazia ao povo, disse: Que é isto, que tu fazes ao povo? Por que te assentas só, e todo o povo está em pé diante de ti, desde a manhã até à tarde?
15     Então disse Moisés a seu sogro: É porque este povo vem a mim, para consultar a Deus;
16     Quando tem algum negócio vem a mim, para que eu julgue entre um e outro e lhes declare os estatutos de Deus e as suas leis.
17     O sogro de Moisés, porém, lhe disse: Não é bom o que fazes.
18     Totalmente desfalecerás, assim tu como este povo que está contigo; porque este negócio é mui difícil para ti; tu só não o podes fazer.
19     Ouve agora minha voz, eu te aconselharei, e Deus será contigo. Sê tu pelo povo diante de Deus, e leva tu as causas a Deus;
20     E declara-lhes os estatutos e as leis, e faze-lhes saber o caminho em que devem andar, e a obra que devem fazer.
21     E tu dentre todo o povo procura homens capazes, tementes a Deus, homens de verdade, que odeiem a avareza; e põe-nos sobre eles por maiorais de mil, maiorais de cem, maiorais de cinqüenta, e maiorais de dez;
22     Para que julguem este povo em todo o tempo; e seja que todo o negócio grave tragam a ti, mas todo o negócio pequeno eles o julguem; assim a ti mesmo te aliviarás da carga, e eles a levarão contigo.
23     Se isto fizeres, e Deus to mandar, poderás então subsistir; assim também todo este povo em paz irá ao seu lugar.
24     E Moisés deu ouvidos à voz de seu sogro, e fez tudo quanto tinha dito;
25     E escolheu Moisés homens capazes, de todo o Israel, e os pôs por cabeças sobre o povo; maiorais de mil, maiorais de cem, maiorais de cinqüenta e maiorais de dez.
26     E eles julgaram o povo em todo o tempo; o negócio árduo trouxeram a Moisés, e todo o negócio pequeno julgaram eles.
27     Então despediu Moisés o seu sogro, o qual se foi à sua terra.

Êxodo 19.1-15
  1      AO terceiro mês da saída dos filhos de Israel da terra do Egito, no mesmo dia chegaram ao deserto de Sinai,
2        Porque partiram de Refidim e entraram no deserto de Sinai, onde se acamparam. Israel, pois, ali se acampou em frente ao monte.
3        E subiu Moisés a Deus, e o Senhor o chamou do monte, dizendo: Assim falarás à casa de Jacó, e anunciarás aos filhos de Israel:
4        Vós tendes visto o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre asas de águias, e vos trouxe a mim;
5        Agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes a minha aliança, então sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos, porque toda a terra é minha.
6        E vós me sereis um reino sacerdotal e o povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel.
7        E veio Moisés, e chamou os anciãos do povo, e expôs diante deles todas estas palavras, que o Senhor lhe tinha ordenado.
8        Então todo o povo respondeu a uma voz, e disse: Tudo o que o Senhor tem falado, faremos. E relatou Moisés ao Senhor as palavras do povo.
9        E disse o Senhor a Moisés: Eis que eu virei a ti numa nuvem espessa, para que o povo ouça, falando eu contigo, e para que também te creiam eternamente. Porque Moisés tinha anunciado as palavras do seu povo ao Senhor.
10     Disse também o Senhor a Moisés: Vai ao povo, e santifica-os hoje e amanhã, e lavem eles as suas roupas,
11     E estejam prontos para o terceiro dia; porquanto no terceiro dia o Senhor descerá diante dos olhos de todo o povo sobre o monte Sinai.
12     E marcarás limites ao povo em redor, dizendo: Guardai-vos, não subais ao monte, nem toqueis o seu termo; todo aquele que tocar o monte, certamente morrerá.
13     Nenhuma mão tocará nele; porque certamente será apedrejado ou asseteado; quer seja animal, quer seja homem, não viverá; soando a buzina longamente, então subirão ao monte.
14     Então Moisés desceu do monte ao povo, e santificou o povo; e lavaram as suas roupas.
15     E disse ao povo: Estai prontos ao terceiro dia; e não vos chegueis a mulher.

Mateus 22.34-46
  34   E os fariseus, ouvindo que ele fizera emudecer os saduceus, reuniram-se no mesmo lugar.
35     E um deles, doutor da lei, interrogou-o para o experimentar, dizendo:
36     Mestre, qual é o grande mandamento na lei?
37     E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.
38     Este é o primeiro e grande mandamento.
39     E o segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo.
40     Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas.
41     E, estando reunidos os fariseus, interrogou-os Jesus,
42     Dizendo: Que pensais vós do Cristo? De quem é filho? Eles disseram-lhe: De Davi.
43     Disse-lhes ele: Como é então que Davi, em espírito, lhe chama Senhor, dizendo:
44     Disse o Senhor ao meu Senhor: Assenta-te à minha direita, Até que eu ponha os teus inimigos por escabelo de teus pés?
45     Se Davi, pois, lhe chama Senhor, como é seu filho?
46     E ninguém podia responder-lhe uma palavra; nem desde aquele dia ousou mais alguém interrogá-lo.

Mateus 23.1-12
1        ENTÃO falou Jesus à multidão, e aos seus discípulos,
2        Dizendo: Na cadeira de Moisés estão assentados os escribas e fariseus.
3        Todas as coisas, pois, que vos disserem que observeis, observai-as e fazei-as; mas não procedais em conformidade com as suas obras, porque dizem e não fazem;
4        Pois atam fardos pesados e difíceis de suportar, e os põem aos ombros dos homens; eles, porém, nem com o dedo querem movê-los;
5        E fazem todas as obras a fim de serem vistos pelos homens; pois trazem largos filactérios, e alargam as franjas das suas vestes,
6        E amam os primeiros lugares nas ceias e as primeiras cadeiras nas sinagogas,
7        E as saudações nas praças, e o serem chamados pelos homens; Rabi, Rabi.
8        Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos.
9        E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus.
10     Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Cristo.
11     O maior dentre vós será vosso servo.
12     E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado.

Salmos 27.7-14
7        Ouve, Senhor, a minha voz quando clamo; tem também piedade de mim, e responde-me.
8        Quando tu disseste: Buscai o meu rosto; o meu coração disse a ti: O teu rosto, Senhor, buscarei.
9        Não escondas de mim a tua face, não rejeites ao teu servo com ira; tu foste a minha ajuda, não me deixes nem me desampares, ó Deus da minha salvação.
10     Porque, quando meu pai e minha mãe me desampararem, o Senhor me recolherá.
11     Ensina-me, Senhor, o teu caminho, e guia-me pela vereda direita, por causa dos meus inimigos.
12     Não me entregues à vontade dos meus adversários; pois se levantaram falsas testemunhas contra mim, e os que respiram crueldade.
13     Pereceria sem dúvida, se não cresse que veria a bondade do Senhor na terra dos viventes.
14     Espera no Senhor, anima-te, e ele fortalecerá o teu coração; espera, pois, no Senhor.

Provérbios 6.27-35
  27   Porventura tomará alguém fogo no seu seio, sem que suas vestes se queimem?
28     Ou andará alguém sobre brasas, sem que se queimem os seus pés?
29     Assim ficará o que entrar à mulher do seu próximo; não será inocente todo aquele que a tocar.
30     Não se injuria o ladrão, quando furta para saciar-se, tendo fome;
31     E se for achado pagará o tanto sete vezes; terá de dar todos os bens da sua casa.
32     Assim, o que adultera com uma mulher é falto de entendimento; aquele que faz isso destrói a sua alma.
33     Achará castigo e vilipêndio, e o seu opróbrio nunca se apagará.
34     Porque os ciúmes enfurecerão o marido; de maneira nenhuma perdoará no dia da vingança.
35     Não aceitará nenhum resgate, nem se conformará por mais que aumentes os presentes.

3 comentários: