Todo o dia é o dia de começar, continuar, recomeçar e se dar uma nova chance. Estar na presença de Deus é tudo na vida de uma pessoa e ler a sua Palavra Sagrada pode fazer a diferença entre vencer e perder. Faça a sua escolha e seja um VENCEDOR EM CRISTO JESUS. LEIA A BÍBLIA A PARTIR DE AGORA!

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Leitura Bíblica 35º dia



Êxodo 19.16-25

16     E aconteceu que, ao terceiro dia, ao amanhecer, houve trovões e relâmpagos sobre o monte, e uma espessa nuvem, e um sonido de buzina mui forte, de maneira que estremeceu todo o povo que estava no arraial.

17     E Moisés levou o povo fora do arraial ao encontro de Deus; e puseram-se ao pé do monte.

18     E todo o monte Sinai fumegava, porque o Senhor descera sobre ele em fogo; e a sua fumaça subiu como fumaça de uma fornalha, e todo o monte tremia grandemente.

19     E o sonido da buzina ia crescendo cada vez mais; Moisés falava, e Deus lhe respondia em voz alta.

20     E, descendo o Senhor sobre o monte Sinai, sobre o cume do monte, chamou o Senhor a Moisés ao cume do monte; e Moisés subiu.

21     E disse o Senhor a Moisés: Desce, adverte ao povo que não traspasse o termo para ver o Senhor, para que muitos deles não pereçam.

22     E também os sacerdotes, que se chegam ao Senhor, se hão de santificar, para que o Senhor não se lance sobre eles.

23     Então disse Moisés ao Senhor: O povo não poderá subir ao monte Sinai, porque tu nos tens advertido, dizendo: Marca termos ao redor do monte, e santifica-o.

24     E disse-lhe o Senhor: Vai, desce; depois subirás tu, e Arão contigo; os sacerdotes, porém, e o povo não traspassem o termo para subir ao Senhor, para que não se lance sobre eles.

25     Então Moisés desceu ao povo, e disse-lhe isto.


Êxodo 20

1        ENTÃO falou Deus todas estas palavras, dizendo:

2        Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito, da casa da servidão.

3        Não terás outros deuses diante de mim.

4        Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.

5        Não te encurvarás a elas nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos, até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.

6        E faço misericórdia a milhares dos que me amam e aos que guardam os meus mandamentos.

7        Não tomarás o nome do Senhor teu Deus em vão; porque o Senhor não terá por inocente o que tomar o seu nome em vão.

8        Lembra-te do dia do sábado, para o santificar.

9        Seis dias trabalharás, e farás toda a tua obra.

10     Mas o sétimo dia é o sábado do Senhor teu Deus; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas.

11     Porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, o mar e tudo que neles há, e ao sétimo dia descansou; portanto abençoou o Senhor o dia do sábado, e o santificou.

12     Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.

13     Não matarás.

14     Não adulterarás.

15     Não furtarás.

16     Não dirás falso testemunho contra o teu próximo.

17     Não cobiçarás a casa do teu próximo, não cobiçarás a mulher do teu próximo, nem o seu servo, nem a sua serva, nem o seu boi, nem o seu jumento, nem coisa alguma do teu próximo.

18     E todo o povo viu os trovões e os relâmpagos, e o sonido da buzina, e o monte fumegando; e o povo, vendo isso retirou-se e pôs-se de longe.

19     E disseram a Moisés: Fala tu conosco, e ouviremos: e não fale Deus conosco, para que não morramos.

20     E disse Moisés ao povo: Não temais, Deus veio para vos provar, e para que o seu temor esteja diante de vós, afim de que não pequeis.

21     E o povo estava em pé de longe. Moisés, porém, se chegou à escuridão, onde Deus estava.

22     Então disse o Senhor a Moisés: Assim dirás aos filhos de Israel: Vós tendes visto que, dos céus, eu falei convosco.

23     Não fareis outros deuses comigo; deuses de prata ou deuses de ouro não fareis para vós.

24     Um altar de terra me farás, e sobre ele sacrificarás os teus holocaustos, e as tuas ofertas pacíficas, as tuas ovelhas, e as tuas vacas; em todo o lugar, onde eu fizer celebrar a memória do meu nome, virei a ti e te abençoarei.

25     E se me fizeres um altar de pedras, não o farás de pedras lavradas; se sobre ele levantares o teu buril, profaná-lo-ás.

26     Também não subirás ao meu altar por degraus, para que a tua nudez não seja descoberta diante deles.


Êxodo 21.1-21

1        ESTES são os estatutos que lhes proporás.

2        Se comprares um servo hebreu, seis anos servirá; mas ao sétimo sairá livre, de graça.

3        Se entrou só com o seu corpo, só com o seu corpo sairá; se ele era homem casado, sua mulher sairá com ele.

4        Se seu senhor lhe houver dado uma mulher e ela lhe houver dado filhos ou filhas, a mulher e seus filhos serão de seu senhor, e ele sairá sozinho.

5        Mas se aquele servo expressamente disser: Eu amo a meu senhor, e a minha mulher, e a meus filhos; não quero sair livre,

6        Então seu senhor o levará aos juízes, e o fará chegar à porta, ou ao umbral da porta, e seu senhor lhe furará a orelha com uma sovela; e ele o servirá para sempre.

7        E se um homem vender sua filha para ser serva, ela não sairá como saem os servos.

8        Se ela não agradar ao seu senhor, e ele não se desposar com ela, fará que se resgate; não poderá vendê-la a um povo estranho, agindo deslealmente com ela.

9        Mas se a desposar com seu filho, fará com ela conforme ao direito das filhas.

10     Se lhe tomar outra, não diminuirá o mantimento desta, nem o seu vestido, nem a sua obrigação marital.

11     E se lhe não fizer estas três coisas, sairá de graça, sem dar dinheiro.

12     Quem ferir alguém, de modo que este morra, certamente será morto.

13     Porém se lhe não armou cilada, mas Deus lho entregou nas mãos, ordenar-te-ei um lugar para onde fugirá.

14     Mas se alguém agir premeditadamente contra o seu próximo, matando-o à traição, tirá-lo-ás do meu altar, para que morra.

15     O que ferir a seu pai, ou a sua mãe, certamente será morto.

16     E quem raptar um homem, e o vender, ou for achado na sua mão, certamente será morto.

17     E quem amaldiçoar a seu pai ou a sua mãe, certamente será morto.

18     E se dois homens pelejarem, ferindo-se um ao outro com pedra ou com o punho, e este não morrer, mas cair na cama,

19     Se ele tornar a levantar-se e andar fora, sobre o seu bordão, então aquele que o feriu será absolvido; somente lhe pagará o tempo que perdera e o fará curar totalmente.

20     Se alguém ferir a seu servo, ou a sua serva, com pau, e morrer debaixo da sua mão, certamente será castigado;

21     Porém se sobreviver por um ou dois dias, não será castigado, porque é dinheiro seu.


Mateus 23.13-39

13     Mas ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que fechais aos homens o reino dos céus; e nem vós entrais nem deixais entrar aos que estão entrando.

14     Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que devorais as casas das viúvas, sob pretexto de prolongadas orações; por isso sofrereis mais rigoroso juízo.

15     Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que percorreis o mar e a terra para fazer um prosélito; e, depois de o terdes feito, o fazeis filho do inferno duas vezes mais do que vós.

16     Ai de vós, condutores cegos! pois que dizeis: Qualquer que jurar pelo templo, isso nada é; mas o que jurar pelo ouro do templo, esse é devedor.

17     Insensatos e cegos! Pois qual é maior: o ouro, ou o templo, que santifica o ouro?

18     E aquele que jurar pelo altar isso nada é; mas aquele que jurar pela oferta que está sobre o altar, esse é devedor.

19     Insensatos e cegos! Pois qual é maior: a oferta, ou o altar, que santifica a oferta?

20     Portanto, o que jurar pelo altar, jura por ele e por tudo o que sobre ele está;

21     E, o que jurar pelo templo, jura por ele e por aquele que nele habita;

22     E, o que jurar pelo céu, jura pelo trono de Deus e por aquele que está assentado nele.

23     Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis, porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.

24     Condutores cegos! que coais um mosquito e engulis um camelo.

25     Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que limpais o exterior do copo e do prato, mas o interior está cheio de rapina e de iniqüidade.

26     Fariseu cego! limpa primeiro o interior do copo e do prato, para que também o exterior fique limpo.

27     Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas interiormente estão cheios de ossos de mortos e de toda a imundícia.

28     Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas interiormente estais cheios de hipocrisia e de iniqüidade.

29     Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que edificais os sepulcros dos profetas e adornais os monumentos dos justos,

30     E dizeis: Se existíssemos no tempo de nossos pais, nunca nos associaríamos com eles para derramar o sangue dos profetas.

31     Assim, vós mesmos testificais que sois filhos dos que mataram os profetas.

32     Enchei vós, pois, a medida de vossos pais.

33     Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno?

34     Portanto, eis que eu vos envio profetas, sábios e escribas; a uns deles matareis e crucificareis; e a outros deles açoitareis nas vossas sinagogas e os perseguireis de cidade em cidade;

35     Para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar.

36     Em verdade vos digo que todas estas coisas hão de vir sobre esta geração.

37     Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas, e apedrejas os que te são enviados! quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!

38     Eis que a vossa casa vai ficar-vos deserta;

39     Porque eu vos digo que desde agora me não vereis mais, até que digais: Bendito o que vem em nome do Senhor.


Salmos 28

1        A TI clamarei, ó Senhor, Rocha minha; não emudeças para comigo; não aconteça, cal ando-te tu para comigo, que eu fique semelhante aos que descem ao abismo.

2        Ouve a voz das minhas súplicas, quando a ti clamar, quando levantar as minhas mãos para o teu santo oráculo.

3        Não me arrastes com os ímpios e com os que praticam a iniqüidade; que falam de paz ao seu próximo, mas têm mal nos seus corações.

4        Dá-lhes segundo as suas obras e segundo a malícia dos seus esforços; dá-lhes conforme a obra das suas mãos; torna-lhes a sua recompensa.

5        Porquanto não atentam às obras do Senhor, nem à obra das suas mãos; pois que ele os derrubará e não os reedificará.

6        Bendito seja o Senhor, porque ouviu a voz das minhas súplicas.

7        O Senhor é a minha força e o meu escudo; nele confiou o meu coração, e fui socorrido; assim o meu coração salta de prazer, e com o meu canto o louvarei.

8        O Senhor é a força do seu povo; também é a força salvadora do seu ungido.

9        Salva o teu povo, e abençoa a tua herança; e apascenta-os e exalta-os para sempre.


Provérbios 7.1-5

1        FILHO meu, guarda as minhas palavras, e esconde dentro de ti os meus mandamentos.

2        Guarda os meus mandamentos e vive; e a minha lei, como a menina dos teus olhos.

3        Ata-os aos teus dedos, escreve-os na tábua do teu coração.

4        Dize à sabedoria: Tu és minha irmã; e à prudência chama de tua parenta,

5        Para que elas te guardem da mulher alheia, da estranha que lisonjeia com as suas palavras.

2 comentários: