Todo o dia é o dia de começar, continuar, recomeçar e se dar uma nova chance. Estar na presença de Deus é tudo na vida de uma pessoa e ler a sua Palavra Sagrada pode fazer a diferença entre vencer e perder. Faça a sua escolha e seja um VENCEDOR EM CRISTO JESUS. LEIA A BÍBLIA A PARTIR DE AGORA!

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Leitura Bíblica 41º dia



Êxodo 30.11-38

11     Falou mais o Senhor a Moisés dizendo:

12     Quando fizeres a contagem dos filhos de Israel, conforme a sua soma, cada um deles dará ao Senhor o resgate da sua alma, quando os contares; para que não haja entre eles praga alguma, quando os contares.

13     Todo aquele que passar pelo arrolamento dará isto: a metade de um siclo, segundo o siclo do santuário (este siclo é de vinte geras); a metade de um siclo é a oferta ao Senhor.

14     Qualquer que passar pelo arrolamento, de vinte anos para cima, dará a oferta alçada ao Senhor.

15     O rico não dará mais, e o pobre não dará menos da metade do siclo, quando derem a oferta alçada ao Senhor, para fazer expiação por vossas almas.

16     E tomarás o dinheiro das expiações dos filhos de Israel, e o darás ao serviço da tenda da congregação; e será para memória aos filhos de Israel diante do Senhor, para fazer expiação por vossas almas.

17     E falou o Senhor a Moisés, dizendo:

18     Farás também uma pia de cobre com a sua base de cobre, para lavar; e a porás entre a tenda da congregação e o altar; e nela deitarás água.

19     E Arão e seus filhos nela lavarão as suas mãos e os seus pés.

20     Quando entrarem na tenda da congregação, lavar-se-ão com água, para que não morram, ou quando se chegarem ao altar para ministrar, para acender a oferta queimada ao Senhor.

21     Lavarão, pois, as suas mãos e os seus pés, para que não morram; e isto lhes será por estatuto perpétuo a ele e à sua descendência nas suas gerações.

22     Falou mais o Senhor a Moisés, dizendo:

23     Tu, pois, toma para ti das principais especiarias, da mais pura mirra quinhentos siclos, e de canela aromática a metade, a saber, duzentos e cinqüenta siclos, e de cálamo aromático duzentos e cinqüenta siclos,

24     E de cássia quinhentos siclos, segundo o siclo do santuário, e de azeite de oliveiras um him.

25     E disto farás o azeite da santa unção, o perfume composto segundo a obra do perfumista: este será o azeite da santa unção.

26     E com ele ungirás a tenda da congregação, e a arca do testemunho,

27     E a mesa com todos os seus utensílios, e o candelabro com os seus utensílios, e o altar do incenso.

28     E o altar do holocausto com todos os seus utensílios, e a pia com a sua base.

29     Assim santificarás estas coisas, para que sejam santíssimas; tudo o que tocar nelas será santo.

30     Também ungirás a Arão e seus filhos, e os santificarás para me administrarem o sacerdócio.

31     E falarás aos filhos de Israel, dizendo: Este me será o azeite da santa unção nas vossas gerações.

32     Não se ungirá com ele a carne do homem, nem fareis outro de semelhante composição; santo é, e será santo para vós.

33     O homem que compuser um perfume como este, ou dele puser sobre um estranho, será extirpado do seu povo.

34     Disse mais o Senhor a Moisés: Toma especiarias aromáticas, estoraque, e onicha, e galbano; estas especiarias aromáticas e o incenso puro, em igual proporção;

35     E disto farás incenso, um perfume segundo a arte do perfumista, temperado, puro e santo;

36     E uma parte dele moerás, e porás diante do testemunho, na tenda da congregação, onde eu virei a ti; coisa santíssima vos será.

37     Porém o incenso que fareis conforme essa composição, não o fareis para vós mesmos; santo será para o Senhor.

38     O homem que fizer tal como este para cheirar, será extirpado do seu povo.


Êxodo 31

1        DEPOIS falou o Senhor a Moisés, dizendo:

2        Eis que eu tenho chamado por nome a Bezalel, o filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá,

3        E o enchi do Espírito de Deus, de sabedoria, e de entendimento, e de ciência, em todo o lavor,

4        Para elaborar projetos, e trabalhar em ouro, em prata, e em cobre,

5        E em lapidar pedras para engastar, e em entalhes de madeira, para trabalhar em todo o lavor.

6        E eis que eu tenho posto com ele a Aoliabe, o filho de Aisamaque, da tribo de Dã, e tenho dado sabedoria ao coração de todos aqueles que são hábeis, para que façam tudo o que te tenho ordenado.

7        A saber: a tenda da congregação, e a arca do testemunho, e o propiciatório que estará sobre ela, e todos os pertences da tenda;

8        E a mesa com os seus utensílios, e o candelabro de ouro puro com todos os seus pertences, e o altar do incenso;

9        E o altar do holocausto com todos os seus utensílios, e a pia com a sua base;

10     E as vestes do ministério, e as vestes sagradas de Arão o sacerdote, e as vestes de seus filhos, para administrarem o sacerdócio;

11     E o azeite da unção, e o incenso aromático para o santuário; farão conforme a tudo que te tenho mandado.

12     Falou mais o Senhor a Moisés, dizendo:

13     Tu, pois, fala aos filhos de Israel, dizendo: Certamente guardareis meus sábados; porquanto isso é um sinal entre mim e vós nas vossas gerações; para que saibais que eu sou o Senhor, que vos santifica.

14     Portanto guardareis o sábado, porque santo é para vós; aquele que o profanar certamente morrerá; porque qualquer que nele fizer alguma obra, aquela alma será eliminada do meio do seu povo.

15     Seis dias se trabalhará, porém o sétimo dia é o sábado do descanso, santo ao Senhor; qualquer que no dia do sábado fizer algum trabalho, certamente morrerá.

16     Guardarão, pois, o sábado os filhos de Israel, celebrando-o nas suas gerações por aliança perpétua.

17     Entre mim e os filhos de Israel será um sinal para sempre; porque em seis dias fez o Senhor os céus e a terra, e ao sétimo dia descansou, e restaurou-se.

18     E deu a Moisés (quando acabou de falar com ele no monte Sinai) as duas tábuas do testemunho, tábuas de pedra, escritas pelo dedo de Deus.



Mateus 26.36-68

36     Então chegou Jesus com eles a um lugar chamado Getsêmani, e disse a seus discípulos: Assentai-vos aqui, enquanto vou além orar.

37     E, levando consigo Pedro e os dois filhos de Zebedeu, começou a entristecer-se e a angustiar-se muito.

38     Então lhes disse: A minha alma está cheia de tristeza até a morte; ficai aqui, e velai comigo.

39     E, indo um pouco mais para diante, prostrou-se sobre o seu rosto, orando e dizendo: Meu Pai, se é possível, passe de mim este cálice; todavia, não seja como eu quero, mas como tu queres.

40     E, voltando para os seus discípulos, achou-os adormecidos; e disse a Pedro: Então nem uma hora pudeste velar comigo?

41     Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca.

42     E, indo segunda vez, orou, dizendo: Pai meu, se este cálice não pode passar de mim sem eu o beber, faça-se a tua vontade.

43     E, voltando, achou-os outra vez adormecidos; porque os seus olhos estavam pesados.

44     E, deixando-os de novo, foi orar pela terceira vez, dizendo as mesmas palavras.

45     Então chegou junto dos seus discípulos, e disse-lhes: Dormi agora, e repousai; eis que é chegada a hora, e o Filho do homem será entregue nas mãos dos pecadores.

46     Levantai-vos, partamos; eis que é chegado o que me trai.

47     E, estando ele ainda a falar, eis que chegou Judas, um dos doze, e com ele grande multidão com espadas e varapaus, enviada pelos príncipes dos sacerdotes e pelos anciãos do povo.

48     E o que o traía tinha-lhes dado um sinal, dizendo: O que eu beijar é esse; prendei-o.

49     E logo, aproximando-se de Jesus, disse: Eu te saúdo, Rabi; e beijou-o.

50     Jesus, porém, lhe disse: Amigo, a que vieste? Então, aproximando-se eles, lançaram mão de Jesus, e o prenderam.

51     E eis que um dos que estavam com Jesus, estendendo a mão, puxou da espada e, ferindo o servo do sumo sacerdote, cortou-lhe uma orelha.

52     Então Jesus disse-lhe: Embainha a tua espada; porque todos os que lançarem mão da espada, à espada morrerão.

53     Ou pensas tu que eu não poderia agora orar a meu Pai, e que ele não me daria mais de doze legiões de anjos?

54     Como, pois, se cumpririam as Escrituras, que dizem que assim convém que aconteça?

55     Então disse Jesus à multidão: Saístes, como para um salteador, com espadas e varapaus para me prender? Todos os dias me assentava junto de vós, ensinando no templo, e não me prendestes.

56     Mas tudo isto aconteceu para que se cumpram as escrituras dos profetas. Então, todos os discípulos, deixando-o, fugiram.

57     E os que prenderam a Jesus o conduziram à casa do sumo sacerdote Caifás, onde os escribas e os anciãos estavam reunidos.

58     E Pedro o seguiu de longe, até ao pátio do sumo sacerdote e, entrando, assentou-se entre os criados, para ver o fim.

59     Ora, os príncipes dos sacerdotes, e os anciãos, e todo o conselho, buscavam falso testemunho contra Jesus, para poderem dar-lhe a morte;

60     E não o achavam; apesar de se apresentarem muitas testemunhas falsas, nào o achavam. Mas, por fim chegaram duas testemunhas falsas,

61     E disseram: Este disse: Eu posso derrubar o templo de Deus, e reedificá-lo em três dias.

62     E, levantando-se o sumo sacerdote, disse-lhe: Não respondes coisa alguma ao que estes depõem contra ti?

63     Jesus, porém, guardava silêncio. E, insistindo o sumo sacerdote, disse-lhe: Conjuro-te pelo Deus vivo que nos digas se tu és o Cristo, o Filho de Deus.

64     Disse-lhe Jesus: Tu o disseste; digo-vos, porém, que vereis em breve o Filho do homem assentado à direita do Poder, e vindo sobre as nuvens do céu.

65     Então o sumo sacerdote rasgou as suas vestes, dizendo: Blasfemou; para que precisamos ainda de testemunhas? Eis que bem ouvistes agora a sua blasfêmia.

66     Que vos parece? E eles, respondendo, disseram: É réu de morte.

67     Então cuspiram-lhe no rosto e lhe davam punhadas, e outros o esbofeteavam,

68     Dizendo: Profetiza-nos, Cristo, quem é o que te bateu?


Salmos 32

1        BEM-AVENTURADO aquele cuja transgressão é perdoada, e cujo pecado é coberto.

2        Bem-aventurado o homem a quem o Senhor não imputa maldade, e em cujo espírito não há engano.

3        Quando eu guardei silêncio, envelheceram os meus ossos pelo meu bramido em todo o dia.

4        Porque de dia e de noite a tua mão pesava sobre mim; o meu humor se tornou em sequidão de estio. (Selá.)

5        Confessei-te o meu pecado, e a minha maldade não encobri. Dizia eu: Confessarei ao Senhor as minhas transgressões; e tu perdoaste a maldade do meu pecado. (Selá.)

6        Por isso, todo aquele que é santo orará a ti, a tempo de te poder achar; até no transbordar de muitas águas, estas não lhe chegarão.

7        Tu és o lugar em que me escondo; tu me preservas da angústia; tu me cinges de alegres cantos de livramento. (Selá.)

8        Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos.

9        Não sejais como o cavalo, nem como a mula, que não têm entendimento, cuja boca precisa de cabresto e freio para que não se cheguem a ti.

10     O ímpio tem muitas dores, mas àquele que confia no Senhor a misericórdia o cercará.

11     Alegrai-vos no Senhor, e regozijai-vos, vós os justos; e cantai alegremente, todos vós que sois retos de coração.


Provérbios 8.22-31

22     O Senhor me possuiu no princípio de seus caminhos, desde então, e antes de suas obras.

23     Desde a eternidade fui ungida, desde o princípio, antes do começo da terra.

24     Quando ainda não havia abismos, fui gerada, quando ainda não havia fontes carregadas de águas.

25     Antes que os montes se houvessem assentado, antes dos outeiros, eu fui gerada.

26     Ainda ele não tinha feito a terra, nem os campos, nem o princípio do pó do mundo.

27     Quando ele preparava os céus, aí estava eu, quando traçava o horizonte sobre a face do abismo;

28     Quando firmava as nuvens acima, quando fortificava as fontes do abismo,

29     Quando fixava ao mar o seu termo, para que as águas não traspassassem o seu mando, quando compunha os fundamentos da terra.

30     Então eu estava com ele na obra; e eu era cada dia as suas delícias, alegrando-me perante ele em todo o tempo;

31     Regozijando-me no seu mundo habitável e enchendo-me de prazer com os filhos dos homens.

3 comentários: