Todo o dia é o dia de começar, continuar, recomeçar e se dar uma nova chance. Estar na presença de Deus é tudo na vida de uma pessoa e ler a sua Palavra Sagrada pode fazer a diferença entre vencer e perder. Faça a sua escolha e seja um VENCEDOR EM CRISTO JESUS. LEIA A BÍBLIA A PARTIR DE AGORA!

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

Leitura Bíblica 45º dia



Êxodo 37

1        FEZ também Bezalel a arca de madeira de acácia; o seu comprimento era de dois côvados e meio; e a sua largura de um côvado e meio; e a sua altura de um côvado e meio.

2        E cobriu-a de ouro puro por dentro e por fora; e fez-lhe uma coroa de ouro ao redor;

3        E fundiu-lhe quatro argolas de ouro nos seus quatro cantos; num lado duas, e no outro lado duas argolas;

4        E fez varais de madeira de acácia, e os cobriu de ouro;

5        E pôs os varais pelas argolas aos lados da arca, para se levar a arca.

6        Fez também o propiciatório de ouro puro; o seu comprimento era de dois côvados e meio, e a sua largura de um côvado e meio.

7        Fez também dois querubins de ouro; de obra batida os fez, nas duas extremidades do propiciatório.

8        Um querubim na extremidade de um lado, e o outro na outra extremidade do outro lado; de uma só peça com o propiciatório fez os querubins nas duas extremidades dele.

9        E os querubins estendiam as asas por cima, cobrindo com elas o propiciatório; e os seus rostos estavam defronte um do outro; os rostos dos querubins estavam virados para o propiciatório.

10     Fez também a mesa de madeira de acácia; o seu comprimento era de dois côvados, e a sua largura de um côvado, e a sua altura de um côvado e meio.

11     E cobriu-a de ouro puro, e fez-lhe uma coroa de ouro ao redor.

12     Fez-lhe também, ao redor, uma moldura da largura da mão; e fez uma coroa de ouro ao redor da moldura.

13     Fundiu-lhe também quatro argolas de ouro; e pôs as argolas nos quatro cantos que estavam em seus quatro pés.

14     Defronte da moldura estavam as argolas para os lugares dos varais, para se levar a mesa.

15     Fez também os varais de madeira de acácia, e os cobriu de ouro, para se levar a mesa.

16     E fez de ouro puro os utensílios que haviam de estar sobre a mesa, os seus pratos e as suas colheres, e as suas tigelas e as suas taças em que se haviam de oferecer libações.

17     Fez também o candelabro de ouro puro; de obra batida fez este candelabro; o seu pedestal, e as suas hastes, os seus copos, as suas maçãs, e as suas flores, formavam com ele uma só peça.

18     Seis hastes saíam dos seus lados; três hastes do candelabro, de um lado dele, e três do outro lado.

19     Numa haste estavam três copos do feitio de amêndoas, um botão e uma flor; e na outra haste três copos do feitio de amêndoas, um botão e uma flor; assim eram as seis hastes que saíam do candelabro.

20     Mas no mesmo candelabro havia quatro copos do feitio de amêndoas com os seus botões e com as suas flores.

21     E havia um botão debaixo de duas hastes da mesma peça; e outro botão debaixo de duas hastes da mesma peça; e mais um botão debaixo de duas hastes da mesma peça; assim se fez para as seis hastes, que saíam dele.

22     Os seus botões e as suas hastes eram da mesma peça; tudo era uma obra batida de ouro puro.

23     E fez-lhe, de ouro puro, sete lâmpadas com os seus espevitadores e os seus apagadores;

24     De um talento de ouro puro fez o candelabro e todos os seus utensílios.

25     E fez o altar do incenso de madeira de acácia; de um côvado era o seu comprimento, e de um côvado a sua largura, era quadrado; e de dois côvados a sua altura; dele mesmo eram feitas as suas pontas.

26     E cobriu-o de ouro puro, a parte superior e as suas paredes ao redor, e as suas pontas; e fez-lhe uma coroa de ouro ao redor.

27     Fez-lhe também duas argolas de ouro debaixo da sua coroa, e os seus dois cantos, de ambos os seus lados, para neles se colocar os varais, e com eles levá-lo.

28     E os varais fez de madeira de acácia, e os cobriu de ouro.

29     Também fez o azeite santo da unção, e o incenso aromático, puro, qual obra do perfumista.


Êxodo 38.

1        FEZ também o altar do holocausto de madeira de acácia; de cinco côvados era o seu comprimento, e de cinco côvados a sua largura, era quadrado; e de três côvados a sua altura.

2        E fez-lhe as suas pontas nos seus quatro cantos; da mesma peça eram as suas pontas; e cobriu-o de cobre.

3        Fez também todos os utensílios do altar; os cinzeiros, e as pás, e as bacias, e os garfos, e os braseiros; todos esses pertences fez de cobre.

4        Fez também, para o altar, um crivo de cobre, em forma de rede, na sua cercadura em baixo, até ao meio do altar.

5        E fundiu quatro argolas para as quatro extremidades do crivo de cobre, para os lugares dos varais.

6        E fez os varais de madeira de acácia, e os cobriu de cobre.

7        E pôs os varais pelas argolas aos lados do altar, para com eles levar o altar; fê-lo oco e de tábuas.

8        Fez também a pia de cobre com a sua base de cobre, dos espelhos das mulheres que se reuniam, para servir à porta da tenda da congregação.

9        Fez também o pátio do lado meridional; as cortinas do pátio eram de linho fino torcido, de cem côvados.

10     As suas vinte colunas e as suas vinte bases eram de cobre; os colchetes destas colunas e as suas molduras eram de prata;

11     E do lado norte cortinas de cem côvados; as suas vinte colunas e as suas vinte bases eram de cobre, os colchetes das colunas e as suas molduras eram de prata.

12     E do lado do ocidente cortinas de cinqüenta côvados, as suas colunas dez, e as suas bases dez; os colchetes das colunas e as suas molduras eram de prata.

13     E do lado leste, ao oriente, cortinas de cinqüenta côvados.

14     As cortinas de um lado da porta eram de quinze côvados; as suas colunas três e as suas bases três.

15     E do outro lado da porta do pátio, de ambos os lados, eram cortinas de quinze côvados; as suas colunas três e as suas bases três.

16     Todas as cortinas do pátio ao redor eram de linho fino torcido.

17     E as bases das colunas eram de cobre; os colchetes das colunas e as suas molduras eram de prata; e o revestimento dos seus capitéis era de prata; e todas as colunas do pátio eram cingidas de prata.

18     E a cobertura da porta do pátio era de obra de bordador, de azul, e de púrpura, e de carmesim, e de linho fino torcido; e o comprimento era de vinte côvados, e a altura, na largura, de cinco côvados, conforme as cortinas do pátio.

19     E as suas quatro colunas e as suas quatro bases eram de cobre, os seus colchetes de prata, e o revestimento dos seus capitéis, e as suas molduras, também de prata.

20     E todas as estacas do tabernáculo e do pátio ao redor eram de cobre.

21     Esta é a enumeração das coisas usadas no tabernáculo do testemunho, que por ordem de Moisés foram contadas para o ministério dos levitas, por intermédio de Itamar, filho de Arão, o sacerdote.

22     Fez, pois, Bezalel, o filho de Uri, filho de Hur, da tribo de Judá, tudo quanto o Senhor tinha ordenado a Moisés.

23     E com ele Aoliabe, filho de Aisamaque, da tribo de Dã, um mestre de obra, e engenhoso artífice, e bordador em azul, e em púrpura e em carmesim e em linho fino.

24     Todo o ouro gasto na obra, em toda a obra do santuário, a saber o ouro da oferta, foi vinte e nove talentos e setecentos e trinta siclos, conforme ao siclo do santuário;

25     E a prata dos arrolados da congregação foi cem talentos e mil e setecentos e setenta e cinco siclos, conforme o siclo do santuário;

26     Um beca por cabeça, isto é, meio siclo, conforme o siclo do santuário; de todo aquele que passava aos arrolados, da idade de vinte anos para cima, que foram seiscentos e três mil e quinhentos e cinqüenta.

27     E houve cem talentos de prata para fundir as bases do santuário e as bases do véu; para as cem bases cem talentos; um talento para cada base.

28     E dos mil e setecentos e setenta e cinco siclos fez os colchetes das colunas, e cobriu os seus capitéis, e os cingiu de molduras.

29     E o cobre da oferta foi setenta talentos e dois mil e quatrocentos siclos.

30     E dele fez as bases da porta da tenda da congregação e o altar de cobre, e o crivo de cobre e todos os utensílios do altar.

31     E as bases do pátio ao redor, e as bases da porta do pátio, e todas as estacas do tabernáculo e todas as estacas do pátio ao redor.


Mateus 28

1        E, NO fim do sábado, quando já despontava o primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.

2        E eis que houvera um grande terremoto, porque um anjo do Senhor, descendo do céu, chegou, removendo a pedra da porta, e sentou-se sobre ela.

3        E o seu aspecto era como um relâmpago, e as suas vestes brancas como neve.

4        E os guardas, com medo dele, ficaram muito assombrados, e como mortos.

5        Mas o anjo, respondendo, disse às mulheres: Não tenhais medo; pois eu sei que buscais a Jesus, que foi crucificado.

6        Ele não está aqui, porque já ressuscitou, como havia dito. Vinde, vede o lugar onde o Senhor jazia.

7        Ide pois, imediatamente, e dizei aos seus discípulos que já ressuscitou dentre os mortos. E eis que ele vai adiante de vós para a Galiléia; ali o vereis. Eis que eu vo-lo tenho dito.

8        E, saindo elas pressurosamente do sepulcro, com temor e grande alegria, correram a anunciá-lo aos seus discípulos.

9        E, indo elas a dar as novas aos seus discípulos, eis que Jesus lhes sai ao encontro, dizendo: Eu vos saúdo. E elas, chegando, abraçaram os seus pés, e o adoraram.

10     Então Jesus disse-lhes: Não temais; ide dizer a meus irmãos que vão à Galiléia, e lá me verão.

11     E, quando iam, eis que alguns da guarda, chegando à cidade, anunciaram aos príncipes dos sacerdotes todas as coisas que haviam acontecido.

12     E, congregados eles com os anciãos, e tomando conselho entre si, deram muito dinheiro aos soldados,

13     Dizendo: Dizei: Vieram de noite os seus discípulos e, dormindo nós, o furtaram.

14     E, se isto chegar a ser ouvido pelo presidente, nós o persuadiremos, e vos poremos em segurança.

15     E eles, recebendo o dinheiro, fizeram como estavam instruídos. E foi divulgado este dito entre os judeus, até ao dia de hoje.

16     E os onze discípulos partiram para a Galiléia, para o monte que Jesus lhes tinha designado.

17     E, quando o viram, o adoraram; mas alguns duvidaram.

18     E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.

19     Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

20     Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.


Salmos 34.11-22

11     Vinde, meninos, ouvi-me; eu vos ensinarei o temor do Senhor.

12     Quem é o homem que deseja a vida, que quer largos dias para ver o bem?

13     Guarda a tua língua do mal, e os teus lábios de falarem o engano.

14     Aparta-te do mal, e faze o bem; procura a paz, e segue-a.

15     Os olhos do Senhor estão sobre os justos, e os seus ouvidos atentos ao seu clamor.

16     A face do Senhor está contra os que fazem o mal, para desarraigar da terra a memória deles.

17     Os justos clamam, e o Senhor os ouve, e os livra de todas as suas angústias.

18     Perto está o Senhor dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito.

19     Muitas são as aflições do justo, mas o Senhor o livra de todas.

20     Ele lhe guarda todos os seus ossos; nem sequer um deles se quebra.

21     A malícia matará o ímpio, e os que odeiam o justo serão punidos.

22     O Senhor resgata a alma dos seus servos, e nenhum dos que nele confiam será punido.


Provérbios 9.9-10

9        Dá instrução ao sábio, e ele se fará mais sábio; ensina o justo e ele aumentará em doutrina.

10     O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo a prudência.

3 comentários: