Todo o dia é o dia de começar, continuar, recomeçar e se dar uma nova chance. Estar na presença de Deus é tudo na vida de uma pessoa e ler a sua Palavra Sagrada pode fazer a diferença entre vencer e perder. Faça a sua escolha e seja um VENCEDOR EM CRISTO JESUS. LEIA A BÍBLIA A PARTIR DE AGORA!

terça-feira, 15 de abril de 2014

Leitura Bíblica 105º dia



Josué 11 
 1         SUCEDEU depois disto que, ouvindo-o Jabim, rei de Hazor, enviou mensageiros a Jobabe, rei de Madom, e ao rei de Sinrom, e ao rei de Acsafe;

2         E aos reis, que estavam ao norte, nas montanhas, e na campina para o sul de Quinerete, e nas planícies, e nas elevações de Dor, do lado do mar;

3         Ao cananeu do oriente e do ocidente; e ao amorreu, e ao heteu, e ao perizeu, e ao jebuseu nas montanhas; e ao heveu ao pé de Hermom, na terra de Mizpá.

4         Saíram pois estes, e todos os seus exércitos com eles, muito povo, em multidão como a areia que está na praia do mar; e muitíssimos cavalos e carros.

5         Todos estes reis se ajuntaram, e vieram e se acamparam junto às águas de Merom, para pelejarem contra Israel.

6         E disse o Senhor a Josué: Não temas diante deles; porque amanhã, a esta mesma hora, eu os darei todos feridos diante dos filhos de Israel; os seus cavalos jarretarás, e os seus carros queimarás a fogo.

7         E Josué, e todos os homens de guerra com ele, veio apressadamente sobre eles às águas de Merom, e atacou-os de repente.

8         E o Senhor os deu nas mãos de Israel; e eles os feriram, e os perseguiram até à grande Sidom, e até Misrefote-Maim, e até ao vale de Mizpá ao oriente; feriram até não lhes deixarem nenhum.

9         E fez-lhes Josué como o Senhor lhe dissera; os seus cavalos jarretou, e os seus carros queimou a fogo.

10       E naquele mesmo tempo voltou Josué, e tomou a Hazor, e feriu à espada ao seu rei; porquanto Hazor antes era a cabeça de todos estes reinos.

11       E a todos os que nela estavam, feriram ao fio da espada, e totalmente os destruíram; nada restou do que tinha fôlego, e a Hazor queimou a fogo.

12       E Josué tomou todas as cidades destes reis, e todos os seus reis, e os feriu ao fio da espada, destruindo-os totalmente, como ordenara Moisés servo do Senhor.

13       Tão-somente não queimaram os israelitas as cidades que estavam sobre os seus outeiros; a não ser Hazor, a qual Josué queimou.

14       E todos os despojos destas cidades, e o gado, os filhos de Israel tomaram para si; tão-somente a todos os homens feriram ao fio da espada, até que os destruíram; nada do que tinha fôlego deixaram com vida.

15       Como ordenara o Senhor a Moisés, seu servo, assim Moisés ordenou a Josué; e assim Josué o fez; nem uma só palavra tirou de tudo o que o Senhor ordenara a Moisés.

16       Assim Josué tomou toda aquela terra, as montanhas, e todo o sul, e toda a terra de Gósen, e as planícies, e as campinas, e as montanhas de Israel, e as suas planícies.

17       Desde o monte Halaque, que sobe a Seir, até Baal-Gade, no vale do Líbano, ao pé do monte de Hermom; também tomou todos os seus reis, e os feriu e os matou.

18       Por muito tempo Josué fez guerra contra todos estes reis.

19       Não houve cidade que fizesse paz com os filhos de Israel, senão os heveus, moradores de Gibeom; por guerra as tomaram todas.

20       Porquanto do Senhor vinha o endurecimento de seus corações, para sairem à guerra contra Israel, para que fossem totalmente destruídos e não achassem piedade alguma; mas para os destruir a todos como o Senhor tinha ordenado a Moisés.

21       Naquele tempo veio Josué, e extirpou os anaquins das montanhas de Hebrom, de Debir, de Anabe e de todas as montanhas de Judá e de todas as montanhas de Israel; Josué os destruiu totalmente com as suas cidades.

22       Nenhum dos anaquins foi deixado na terra dos filhos de Israel; somente ficaram alguns em Gaza, em Gate, e em Asdode.

23       Assim Josué tomou toda esta terra, conforme a tudo o que o Senhor tinha dito a Moisés; e Josué a deu em herança aos filhos de Israel, conforme as suas divisões, segundo as suas tribos; e a terra descansou da guerra.


Josué 12 

1         ESTES, pois, são os reis da terra, aos quais os filhos de Israel feriram e cujas terras possuiram além do Jordão para o nascente do sol, desde o ribeiro de Arnom, até ao monte de Hermom, e toda a planície do oriente,

2         Siom, rei dos amorreus, que habitava em Hesbom e que dominava desde Aroer, que está à beira do ribeiro de Arnom, e desde o meio do ribeiro, e a metade de Gileade, e até ao ribeiro de Jaboque, o termo dos filhos de Amom.

3         E desde a campina até ao mar de Quinerete para o oriente, e até ao mar da campina, o Mar Salgado para o oriente, pelo caminho de Bete-Jesimote; e desde o sul, abaixo de Asdote-Pisga.

4         Como também o termo de Ogue, rei de Basã que era do restante dos gigantes e que habitava em Astarote e em Edrei;

5         E dominava no monte Hermom, e em Salcá, e em toda a Basã, até ao termo dos gesureus e dos maacateus, e metade de Gileade, termo de Siom, rei de Hesbom.

6         A estes Moisés, servo do Senhor, e os filhos de Israel, feriram; e Moisés, servo do Senhor, deu esta terra em possessão aos rubenitas, e aos gaditas, e à meia tribo de Manassés.

7         E estes são os reis da terra aos quais Josué e os filhos de Israel feriram aquém do Jordão para o ocidente, desde Baal-Gade, no vale do Líbano, até ao monte Halaque, que sobe a Seir; e Josué a deu às tribos de Israel em possessão, segundo as suas divisões.

8         O que havia nas montanhas, e nas planícies, e nas campinas, e nas descidas das águas, e no deserto, e para o sul: o heteu, o amorreu, e o cananeu, o perizeu, o heveu, e o jebuseu.

9         O rei de Jericó, um; o rei de Ai, que está ao lado de Betel, outro;

10       O rei de Jerusalém, outro; o rei de Hebrom, outro;

11       O rei de Jarmute, outro; o rei de Laquis, outro;

12       O rei de Eglom, outro; o rei de Geser, outro;

13       O rei de Debir, outro; o rei de Geder, outro;

14       O rei de Hormá, outro; o rei de Harade, outro;

15       O rei de Libna, outro; o rei de Adulão, outro;

16       O rei de Maquedá, outro; o rei de Betel, outro;

17       O rei de Tapua, outro; o rei de Hefer, outro;

18       O rei de Afeque, outro; o rei de Lassarom, outro;

19       O rei de Madom, outro; o rei de Hazor, outro;

20       O rei de Sinrom-Meron, outro; o rei de Acsafe, outro;

21       O rei de Taanaque, outro; o rei de Megido, outro;

22       O rei de Quedes, outro; o rei de Jocneão do Carmelo, outro;

23       O rei de Dor no outeiro de Dor, outro; o rei de Goiim em Gilgal, outro;

24       O rei de Tirza, outro; trinta e um reis ao todo.


Lucas 17.11-37

11       E aconteceu que, indo ele a Jerusalém, passou pelo meio de Samaria e da Galiléia;

12       E, entrando numa certa aldeia, saíram-lhe ao encontro dez homens leprosos, os quais pararam de longe;

13       E levantaram a voz, dizendo: Jesus, Mestre, tem misericórdia de nós.

14       E ele, vendo-os, disse-lhes: Ide, e mostrai-vos aos sacerdotes. E aconteceu que, indo eles, ficaram limpos.

15       E um deles, vendo que estava são, voltou glorificando a Deus em alta voz;

16       E caiu aos seus pés, com o rosto em terra, dando-lhe graças; e este era samaritano.

17       E, respondendo Jesus, disse: Não foram dez os limpos? E onde estão os nove?

18       Não houve quem voltasse para dar glória a Deus senão este estrangeiro?

19       E disse-lhe: Levanta-te, e vai; a tua fé te salvou.

20       E, interrogado pelos fariseus sobre quando havia de vir o reino de Deus, respondeu-lhes, e disse: O reino de Deus não vem com aparência exterior.

21       Nem dirão: Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali; porque eis que o reino de Deus está entre vós.

22       E disse aos discípulos: Dias virão em que desejareis ver um dos dias do Filho do homem, e não o vereis.

23       E dir-vos-ão: Ei-lo aqui, ou: Ei-lo ali. Não vades, nem os sigais;

24       Porque, como o relâmpago ilumina desde uma extremidade inferior do céu até à outra extremidade, assim será também o Filho do homem no seu dia.

25       Mas primeiro convém que ele padeça muito, e seja reprovado por esta geração.

26       E, como aconteceu nos dias de Noé, assim será também nos dias do Filho do homem.

27       Comiam, bebiam, casavam, e davam-se em casamento, até ao dia em que Noé entrou na arca, e veio o dilúvio, e os consumiu a todos.

28       Como também da mesma maneira aconteceu nos dias de Ló: Comiam, bebiam, compravam, vendiam, plantavam e edificavam;

29       Mas no dia em que Ló saiu de Sodoma choveu do céu fogo e enxofre, e os consumiu a todos.

30       Assim será no dia em que o Filho do homem se há de manifestar.

31       Naquele dia, quem estiver no telhado, tendo as suas alfaias em casa, não desça a tomá-las; e, da mesma sorte, o que estiver no campo não volte para trás.

32       Lembrai-vos da mulher de Ló.

33       Qualquer que procurar salvar a sua vida, perdê-la-á, e qualquer que a perder, salvá-la-á.

34       Digo-vos que naquela noite estarão dois numa cama; um será tomado, e outro será deixado.

35       Duas estarão juntas, moendo; uma será tomada, e outra será deixada.

36       Dois estarão no campo; um será tomado, o outro será deixado.

37       E, respondendo, disseram-lhe: Onde, Senhor? E ele lhes disse: Onde estiver o corpo, aí se ajuntarão as águias.


Salmos 84

1         QUÃO amáveis são os teus tabernáculos, Senhor dos Exércitos!

2         A minha alma está desejosa, e desfalece pelos átrios do Senhor; o meu coração e a minha carne clamam pelo Deus vivo.

3         Até o pardal encontrou casa, e a andorinha ninho para si, onde ponha seus filhos, até mesmo nos teus altares, Senhor dos Exércitos, Rei meu e Deus meu.

4         Bem-aventurados os que habitam em tua casa; louvar-te-ão continuamente. (Selá.)

5         Bem-aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração estão os caminhos aplanados.

6         Que, passando pelo vale de Baca, faz dele uma fonte; a chuva também enche os tanques.

7         Vão indo de força em força; cada um deles em Sião aparece perante Deus.

8         Senhor Deus dos Exércitos, escuta a minha oração; inclina os ouvidos, ó Deus de Jacó! (Selá.)

9         Olha, ó Deus, escudo nosso, e contempla o rosto do teu ungido.

10       Porque vale mais um dia nos teus átrios do que mil. Preferiria estar à porta da casa do meu Deus, a habitar nas tendas dos ímpios.

11       Porque o Senhor Deus é um sol e escudo; o Senhor dará graça e glória; não retirará bem algum aos que andam na retidão.

12       Senhor dos Exércitos, bem-aventurado o homem que em ti põe a sua confiança.

Provérbios 13.5-6

5         O justo odeia a palavra de mentira, mas o ímpio faz vergonha e se confunde.

6         A justiça guarda ao que é de caminho certo, mas a impiedade transtornará o pecador. 

2 comentários: