Todo o dia é o dia de começar, continuar, recomeçar e se dar uma nova chance. Estar na presença de Deus é tudo na vida de uma pessoa e ler a sua Palavra Sagrada pode fazer a diferença entre vencer e perder. Faça a sua escolha e seja um VENCEDOR EM CRISTO JESUS. LEIA A BÍBLIA A PARTIR DE AGORA!

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Leitura Bíblica 142º dia



2 Samuel 1

1         E SUCEDEU que, depois da morte de Saul, voltando Davi da derrota dos amalequitas, ficou dois dias em Ziclague;

2         Ao terceiro dia um homem veio do arraial de Saul, com as vestes rotas e com terra sobre a cabeça; e, chegando ele a Davi, se lançou no chão, e se inclinou.

3         E Davi lhe disse: Donde vens? E ele lhe disse: Escapei do arraial de Israel.

4         E disse-lhe Davi: Como foi lá isso? peço-te, dize-mo. E ele lhe respondeu: O povo fugiu da batalha, e muitos do povo caíram, e morreram; assim como também Saul e Jônatas, seu filho, foram mortos.

5         E disse Davi ao moço que lhe trazia as novas: Como sabes tu que Saul e Jônatas, seu filho, foram mortos?

6         Então disse o moço que lhe dava a notícia: Cheguei por acaso à montanha de Gilboa, e eis que Saul estava encostado sobre a sua lança, e eis que os carros e a cavalaria apertavam-no.

7         E, olhando ele para trás de si, viu-me, e chamou-me; e eu disse: Eis-me aqui.

8         E ele me disse: Quem és tu? E eu lhe disse: Sou amalequita.

9         Então ele me disse: Peço-te, arremessa-te sobre mim, e mata-me, porque angústias me têm cercado, pois toda a minha vida está ainda em mim.

10       Arremessei-me, pois, sobre ele, e o matei, porque bem sabia eu que não viveria depois da sua queda, e tomei a coroa que tinha na cabeça, e o bracelete que trazia no braço, e os trouxe aqui a meu senhor.

11       Então apanhou Davi as suas vestes, e as rasgou; assim fizeram todos os homens que estavam com ele.

12       E prantearam, e choraram, e jejuaram até à tarde por Saul, e por Jônatas, seu filho, e pelo povo do Senhor, e pela casa de Israel, porque tinham caído à espada.

13       Disse então Davi ao moço que lhe trouxera a nova: Donde és tu? E disse ele: Sou filho de um estrangeiro, amalequita.

14       E Davi lhe disse: Como não temeste tu estender a mão para matares ao ungido do Senhor?

15       Então chamou Davi a um dos moços, e disse: Chega, e lança-te sobre ele. E ele o feriu, e morreu.

16       Pois Davi lhe dissera: O teu sangue seja sobre a tua cabeça, porque a tua própria boca testificou contra ti, dizendo: Eu matei o ungido do Senhor.

17       E lamentou Davi a Saul e a Jônatas, seu filho, com esta lamentação

18       (Dizendo ele que ensinassem aos filhos de Judá o uso do arco. Eis que está escrito no livro de Jasher):

19       Ah, ornamento de Israel! Nos teus altos foi ferido, como caíram os poderosos!

20       Não o noticieis em Gate, não o publiqueis nas ruas de Ascalom, para que não se alegrem as filhas dos filisteus, para que não saltem de contentamento as filhas dos incircuncisos.

21       Vós, montes de Gilboa, nem orvalho, nem chuva caia sobre vós, nem haja campos de ofertas alçadas, pois aí desprezivelmente foi arrojado o escudo dos poderosos, o escudo de Saul, como se não fora ungido com óleo.

22       Do sangue dos feridos, da gordura dos valentes, nunca se retirou para trás o arco de Jônatas, nem voltou vazia a espada de Saul.

23       Saul e Jônatas, tão amados e queridos na sua vida, também na sua morte não se separaram; eram mais ligeiros do que as águias, mais fortes do que os leões.

24       Vós, filhas de Israel, chorai por Saul, que vos vestia de escarlata em delícias, que vos fazia trazer ornamentos de ouro sobre as vossas vestes.

25       Como caíram os poderosos, no meio da peleja! Jônatas nos teus altos foi morto.

26       Angustiado estou por ti, meu irmão Jônatas; quão amabilíssimo me eras! Mais maravilhoso me era o teu amor do que o amor das mulheres.

27       Como caíram os poderosos, e pereceram as armas de guerra!

2 Samuel 2.1-11

1         E SUCEDEU depois disto que Davi consultou ao Senhor, dizendo: Subirei a alguma das cidades de Judá? E disse-lhe o Senhor: Sobe. E falou Davi: Para onde subirei? E disse: Para Hebrom.

2         E subiu Davi para lá, e também as suas duas mulheres, Ainoã, a jizreelita, e Abigail, a mulher de Nabal, o carmelita.

3         Fez também Davi subir os homens que estavam com ele, cada um com a sua família; e habitaram nas cidades de Hebrom.

4         Então vieram os homens de Judá, e ungiram ali a Davi rei sobre a casa de Judá. E deram avisos a Davi, dizendo: Os homens de Jabes-Gileade foram os que sepultaram a Saul.

5         Então enviou Davi mensageiros aos homens de Jabes-Gileade, para dizer-lhes: Benditos sejais vós do Senhor, que fizestes tal beneficência a vosso senhor, a Saul, e o sepultastes!

6         Agora, pois, o Senhor use convosco de beneficência e fidelidade; e também eu vos farei este bem, porquanto fizestes isto.

7         Esforcem-se, pois, agora as vossas mãos, e sede homens valentes, pois Saul, vosso senhor, é morto, mas também os da casa de Judá já me ungiram a mim por seu rei.

8         Porém Abner, filho de Ner, capitão do exército de Saul, tomou a Is-Bosete, filho de Saul, e o fez passar a Maanaim,

9         E o constituiu rei sobre Gileade, e sobre os assuritas, e sobre Jizreel, e sobre Efraim, e sobre Benjamim, e sobre todo o Israel.

10       Da idade de quarenta anos era Is-Bosete, filho de Saul, quando começou a reinar sobre Israel, e reinou dois anos; mas os da casa de Judá seguiam a Davi.

11       E foi o número dos dias que Davi reinou em Hebrom, sobre a casa de Judá, sete anos e seis meses.

João 12.20-50

20       Ora, havia alguns gregos, entre os que tinham subido a adorar no dia da festa.

21       Estes, pois, dirigiram-se a Filipe, que era de Betsaida da Galiléia, e rogaram-lhe, dizendo: Senhor, queríamos ver a Jesus.

22       Filipe foi dizê-lo a André, e então André e Filipe o disseram a Jesus.

23       E Jesus lhes respondeu, dizendo: É chegada a hora em que o Filho do homem há de ser glorificado.

24       Na verdade, na verdade vos digo que, se o grão de trigo, caindo na terra, não morrer, fica ele só; mas se morrer, dá muito fruto.

25       Quem ama a sua vida perdê-la-á, e quem neste mundo odeia a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna.

26       Se alguém me serve, siga-me, e onde eu estiver, ali estará também o meu servo. E, se alguém me servir, meu Pai o honrará.

27       Agora a minha alma está perturbada; e que direi eu? Pai, salva-me desta hora; mas para isto vim a esta hora.

28       Pai, glorifica o teu nome. Então veio uma voz do céu que dizia: Já o tenho glorificado, e outra vez o glorificarei.

29       Ora, a multidão que ali estava, e que a ouvira, dizia que havia sido um trovão. Outros diziam: Um anjo lhe falou.

30       Respondeu Jesus, e disse: Não veio esta voz por amor de mim, mas por amor de vós.

31       Agora é o juízo deste mundo; agora será expulso o príncipe deste mundo.

32       E eu, quando for levantado da terra, todos atrairei a mim.

33       E dizia isto, significando de que morte havia de morrer.

34       Respondeu-lhe a multidão: Nós temos ouvido da lei, que o Cristo permanece para sempre; e como dizes tu que convém que o Filho do homem seja levantado? Quem é esse Filho do homem?

35       Disse-lhes, pois, Jesus: A luz ainda está convosco por um pouco de tempo. Andai enquanto tendes luz, para que as trevas não vos apanhem; pois quem anda nas trevas não sabe para onde vai.

36       Enquanto tendes luz, crede na luz, para que sejais filhos da luz. Estas coisas disse Jesus e, retirando-se, escondeu-se deles.

37       E, ainda que tinha feito tantos sinais diante deles, não criam nele;

38       Para que se cumprisse a palavra do profeta Isaías, que diz: Senhor, quem creu na nossa pregação? E a quem foi revelado o braço do Senhor?

39       Por isso não podiam crer, entào Isaías disse outra vez:

40       Cegou-lhes os olhos, e endureceu-lhes o coração, A fim de que não vejam com os olhos, e compreendam no coração, E se convertam, E eu os cure.

41       Isaías disse isto quando viu a sua glória e falou dele.

42       Apesar de tudo, até muitos dos principais creram nele; mas não o confessavam por causa dos fariseus, para não serem expulsos da sinagoga.

43       Porque amavam mais a glória dos homens do que a glória de Deus.

44       E Jesus clamou, e disse: Quem crê em mim, crê, não em mim, mas naquele que me enviou.

45       E quem me vê a mim, vê aquele que me enviou.

46       Eu sou a luz que vim ao mundo, para que todo aquele que crê em mim não permaneça nas trevas.

47       E se alguém ouvir as minhas palavras, e não crer, eu não o julgo; porque eu vim, não para julgar o mundo, mas para salvar o mundo.

48       Quem me rejeitar a mim, e não receber as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último dia.

49       Porque eu não tenho falado de mim mesmo; mas o Pai, que me enviou, ele me deu mandamento sobre o que hei de dizer e sobre o que hei de falar.

50       E sei que o seu mandamento é a vida eterna. Portanto, o que eu falo, falo-o como o Pai mo tem dito.

Salmos 118.19-29

19       Abri-me as portas da justiça; entrarei por elas, e louvarei ao Senhor.

20       Esta é a porta do Senhor, pela qual os justos entrarão.

21       Louvar-te-ei, pois me escutaste, e te fizeste a minha salvação.

22       A pedra que os edificadores rejeitaram tornou-se a cabeça da esquina.

23       Da parte do Senhor se fez isto; maravilhoso é aos nossos olhos.

24       Este é o dia que fez o Senhor; regozijemo-nos, e alegremo-nos nele.

25       Salva-nos, agora, te pedimos, ó Senhor; ó Senhor, te pedimos, prospera-nos.

26       Bendito aquele que vem em nome do Senhor; nós vos bendizemos desde a casa do Senhor.

27       Deus é o Senhor que nos mostrou a luz; atai a vítima da festa com cordas, até às pontas do altar.

28       Tu és o meu Deus, e eu te louvarei; tu és o meu Deus, e eu te exaltarei.

29       Louvai ao Senhor, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre.

Provérbios 15.27-28

27       O que agir com avareza perturba a sua casa, mas o que odeia presentes viverá.

28       O coração do justo medita no que há de responder, mas a boca dos ímpios jorra coisas más.


Nenhum comentário:

Postar um comentário