Todo o dia é o dia de começar, continuar, recomeçar e se dar uma nova chance. Estar na presença de Deus é tudo na vida de uma pessoa e ler a sua Palavra Sagrada pode fazer a diferença entre vencer e perder. Faça a sua escolha e seja um VENCEDOR EM CRISTO JESUS. LEIA A BÍBLIA A PARTIR DE AGORA!

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Leitura Bíblica 225º dia



Neemias 5.14-19

14       Também desde o dia em que me mandou que eu fosse seu governador na terra de Judá, desde o ano vinte, até ao ano trinta e dois do rei Artaxerxes, doze anos, nem eu nem meus irmãos comemos o pão do governador.

15       Mas os primeiros governadores, que foram antes de mim, oprimiram o povo, e tomaram-lhe pão e vinho e, além disso, quarenta siclos de prata, como também os seus servos dominavam sobre o povo; porém eu assim não fiz, por causa do temor de Deus.

16       Como também na obra deste muro fiz reparação, e terra nenhuma compramos; e todos os meus servos se ajuntaram ali à obra.

17       Também dos judeus e dos magistrados, cento e cinqüenta homens, e os que vinham a nós dentre as nações que estão ao redor de nós, se punham a minha mesa.

18       E o que se preparava para cada dia era um boi e seis ovelhas escolhidas; também aves se me preparavam e, de dez em dez dias, muito vinho de todas as espécies; e nem por isso exigi o pão do governador, porquanto a servidão deste povo era grande.

19       Lembra-te de mim para bem, ó meu Deus, e de tudo quanto fiz a este povo.

Neemias 6

1         SUCEDEU que, ouvindo Sambalate, Tobias, Gesem, o árabe, e o resto dos nossos inimigos, que eu tinha edificado o muro, e que nele já não havia brecha alguma, ainda que até este tempo não tinha posto as portas nos portais,

2         Sambalate e Gesem mandaram dizer-me: Vem, e congreguemo-nos juntamente nas aldeias, no vale de Ono. Porém intentavam fazer-me mal.

3         E enviei-lhes mensageiros a dizer: Faço uma grande obra, de modo que não poderei descer; por que cessaria esta obra, enquanto eu a deixasse, e fosse ter convosco?

4         E do mesmo modo enviaram a mim quatro vezes; e da mesma forma lhes respondi.

5         Então Sambalate ainda pela quinta vez me enviou seu servo com uma carta aberta na sua mão;

6         E na qual estava escrito: Entre os gentios se ouviu, e Gesem diz: Tu e os judeus intentais rebelar-vos, então edificas o muro; e tu te farás rei deles segundo estas palavras;

7         E que puseste profetas, para pregarem de ti em Jerusalém, dizendo: Este é rei em Judá; de modo que o rei o ouvirá, segundo estas palavras; vem, pois, agora, e consultemos juntamente.

8         Porém eu mandei dizer-lhe: De tudo o que dizes coisa nenhuma sucedeu; mas tu, do teu coração, o inventas.

9         Porque todos eles procuravam atemorizar-nos, dizendo: As suas mãos largarão a obra, e não se efetuará. Agora, pois, ó Deus, fortalece as minhas mãos.

10       E, entrando eu em casa de Semaías, filho de Delaías, o filho de Meetabel (que estava encerrado), disse ele: Vamos juntamente à casa de Deus, ao meio do templo, e fechemos as portas do templo; porque virão matar-te; sim, de noite virão matar-te.

11       Porém eu disse: Um homem como eu fugiria? E quem há, como eu, que entre no templo para que viva? De maneira nenhuma entrarei.

12       E percebi que não era Deus quem o enviara; mas esta profecia falou contra mim, porquanto Tobias e Sambalate o subornaram.

13       Para isto o subornaram, para me atemorizar, e para que assim fizesse, e pecasse, para que tivessem alguma causa para me infamarem, e assim me vituperarem.

14       Lembra-te, meu Deus, de Tobias e de Sambalate, conforme a estas suas obras, e também da profetisa Noadia, e dos mais profetas que procuraram atemorizar-me.

15       Acabou-se, pois, o muro aos vinte e cinco do mês de Elul; em cinqüenta e dois dias.

16       E sucedeu que, ouvindo-o todos os nossos inimigos, todos os povos que havia em redor de nós temeram, e abateram-se muito a seus próprios olhos; porque reconheceram que o nosso Deus fizera esta obra.

17       Também naqueles dias alguns nobres de Judá escreveram muitas cartas que iam para Tobias; e as cartas de Tobias vinham para eles.

18       Porque muitos em Judá lhe eram ajuramentados, porque era genro de Secanias filho de Ará; e seu filho Joanã se casara com a filha de Mesulão, filho de Berequias.

19       Também as suas boas ações contavam perante mim, e as minhas palavras transmitiam a ele; portanto Tobias escrevia cartas para me atemorizar.
Neemias 7.1-60 

1         SUCEDEU que, depois que o muro foi edificado, eu levantei as portas; e foram estabelecidos os porteiros, os cantores e os levitas.

2         Eu nomeei a Hanani, meu irmão, e a Hananias, líder da fortaleza, em Jerusalém; porque ele era homem fiel e temente a Deus, mais do que muitos.

3         E disse-lhes: Não se abram as portas de Jerusalém até que o sol aqueça, e enquanto os que assisti-rem ali permanecerem, fechem as portas, e vós trancai-as; e ponham-se guardas dos moradores de Jerusalém, cada um na sua guarda, e cada um diante da sua casa.

4         E era a cidade larga de espaço, e grande, porém pouco povo havia dentro dela; e ainda as casas não estavam edificadas.

5         Então o meu Deus me pôs no coração que ajuntasse os nobres, os magistrados e o povo, para registrar as genealogias; e achei o livro da genealogia dos que subiram primeiro e nele estava escrito o seguinte:

6         Estes são os filhos da província, que subiram do cativeiro dos exilados, que transportara Nabucodonosor, rei de Babilônia; e voltaram para Jerusalém e para Judá, cada um para a sua cidade.

7         Os quais vieram com Zorobabel, Jesuá, Neemias, Azarias, Raamias, Naamani, Mordecai, Bilsã, Misperete, Bigvai, Neum, e Baana; este é o número dos homens do povo de Israel.

8         Foram os filhos de Parós, dois mil, cento e setenta e dois.

9         Os filhos de Sefatias, trezentos e setenta e dois.

10       Os filhos de Ará, seiscentos e cinqüenta e dois.

11       Os filhos de Paate-Moabe, dos filhos de Jesuá e de Joabe, dois mil, oitocentos e dezoito.

12       Os filhos de Elão, mil, duzentos e cinqüenta e quatro.

13       Os filhos de Zatu, oitocentos e quarenta e cinco.

14       Os filhos de Zacai, setecentos e sessenta.

15       Os filhos de Binui, seiscentos e quarenta e oito.

16       Os filhos de Bebai, seiscentos e vinte e oito.

17       Os filhos de Azgade, dois mil, trezentos e vinte e dois.

18       Os filhos de Adonicão, seiscentos e sessenta e sete.

19       Os filhos de Bigvai, dois mil e sessenta e sete.

20       Os filhos de Adim, seiscentos e cinqüenta e cinco.

21       Os filhos de Ater, de Ezequias, noventa e oito.

22       Os filhos de Hassum, trezentos e vinte e oito.

23       Os filhos de Bezai, trezentos e vinte e quatro.

24       Os filhos de Harife, cento e doze.

25       Os filhos de Gibeom, noventa e cinco.

26       Os homens de Belém e de Netofa, cento e oitenta e oito.

27       Os homens de Anatote, cento e vinte e oito.

28       Os homens de Bete-Azmavete, quarenta e dois.

29       Os homens de Quiriate-Jearim, Quefira e Beerote, setecentos e quarenta e três.

30       Os homens de Ramá e Geba, seiscentos e vinte e um.

31       Os homens de Micmás, cento e vinte e dois.

32       Os homens de Betel e Ai, cento e vinte e três.

33       Os homens do outro Nebo, cinqüenta e dois.

34       Os filhos do outro Elão, mil, duzentos e cinqüenta e quatro:

35       Os filhos de Harim, trezentos e vinte.

36       Os filhos de Jericó, trezentos e quarenta e cinco.

37       Os filhos de Lode, Hadide e Ono, setecentos e vinte e um.

38       Os filhos de Senaá, três mil, novecentos e trinta.

39       Os sacerdotes: Os filhos de Jedaías, da casa de Jesuá, novecentos e setenta e três.

40       Os filhos de Imer, mil e cinqüenta e dois.

41       Os filhos de Pasur, mil, duzentos e quarenta e sete.

42       Os filhos de Harim, mil e dezessete.

43       Os levitas: Os filhos de Jesuá, de Cadmiel, dos filhos de Hodeva, setenta e quatro.

44       Os cantores: Os filhos de Asafe, cento e quarenta e oito.

45       Os porteiros: Os filhos de Salum, os filhos de Ater, os filhos de Talmom, os filhos de Acube, os filhos de Hatita, os filhos de Sobai, cento e trinta e oito.

46       Os servidores do templo: Os filhos de Zia, os filhos de Hasufa, os filhos de Tabaote,

47       Os filhos de Queros, os filhos de Sia, os filhos de Padom,

48       Os filhos de Lebana, os filhos de Hagaba, os filhos de Salmai,

49       Os filhos de Hanã, os filhos de Gidel, os filhos de Gaar,

50       Os filhos de Reaías, os filhos de Rezim, os filhos de Necoda,

51       Os filhos de Gazão, os filhos de Uzá, os filhos de Paseá,

52       Os filhos de Besai, os filhos de Meunim, os filhos de Nefussim,

53       Os filhos de Bacbuque, os filhos de Hacufa, os filhos de Harur,

54       Os filhos de Bazlite, os filhos de Meída, os filhos de Harsa,

55       Os filhos de Barcos, os filhos de Sísera, os filhos de Tamá,

56       Os filhos de Nezia, os filhos de Hatifa.

57       Os filhos dos servos de Salomão, os filhos de Sotai, os filhos de Soferete, os filhos de Perida,

58       Os filhos de Jaalá, os filhos de Darcom, os filhos de Gidel,

59       Os filhos de Sefatias, os filhos de Hatil, os filhos de Poquerete-Hazebaim, os filhos de Amom.

60       Todos os servidores do templo e os filhos dos servos de Salomão, trezentos e noventa e dois.

1 Coríntios 8

1         ORA, no tocante às coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que todos temos ciência. A ciência incha, mas o amor edifica.

2         E, se alguém cuida saber alguma coisa, ainda não sabe como convém saber.

3         Mas, se alguém ama a Deus, esse é conhecido dele.

4         Assim que, quanto ao comer das coisas sacrificadas aos ídolos, sabemos que o ídolo nada é no mundo, e que não há outro Deus, senão um só.

5         Porque, ainda que haja também alguns que se chamem deuses, quer no céu quer na terra (como há muitos deuses e muitos senhores),

6         Todavia para nós há um só Deus, o Pai, de quem é tudo e para quem nós vivemos; e um só Senhor, Jesus Cristo, pelo qual são todas as coisas, e nós por ele.

7         Mas nem em todos há conhecimento; porque alguns até agora comem, no seu costume para com o ídolo, coisas sacrificadas ao ídolo; e a sua consciência, sendo fraca, fica contaminada.

8         Ora a comida não nos faz agradáveis a Deus, porque, se comemos, nada temos de mais e, se não comemos, nada nos falta.

9         Mas vede que essa liberdade não seja de alguma maneira escândalo para os fracos.

10       Porque, se alguém te vir a ti, que tens ciência, sentado à mesa no templo dos ídolos, não será a consciência do que é fraco induzida a comer das coisas sacrificadas aos ídolos?

11       E pela tua ciência perecerá o irmão fraco, pelo qual Cristo morreu.

12       Ora, pecando assim contra os irmãos, e ferindo a sua fraca consciência, pecais contra Cristo.

13       Por isso, se a comida escandalizar a meu irmão, nunca mais comerei carne, para que meu irmão não se escandalize.

Salmos 33.1-12

1         REGOZIJAI-VOS no Senhor, vós justos, pois aos retos convém o louvor.

2         Louvai ao Senhor com harpa, cantai a ele com o saltério e um instrumento de dez cordas.

3         Cantai-lhe um cântico novo; tocai bem e com júbilo.

4         Porque a palavra do Senhor é reta, e todas as suas obras são fiéis.

5         Ele ama a justiça e o juízo; a terra está cheia da bondade do Senhor.

6         Pela palavra do Senhor foram feitos os céus, e todo o exército deles pelo espírito da sua boca.

7         Ele ajunta as águas do mar como num montão; põe os abismos em depósitos.

8         Tema toda a terra ao Senhor; temam-no todos os moradores do mundo.

9         Porque falou, e foi feito; mandou, e logo apareceu.

10       O Senhor desfaz o conselho dos gentios, quebranta os intentos dos povos.

11       O conselho do Senhor permanece para sempre; os intentos do seu coração de geração em geração.

12       Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo ao qual escolheu para sua herança.

Provérbios 21.8-10

8         O caminho do homem é todo perverso e estranho, porém a obra do homem puro é reta.

9         É melhor morar num canto de telhado do que ter como companheira em casa ampla uma mulher briguenta.

10       A alma do ímpio deseja o mal; o seu próximo não agrada aos seus olhos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário