Todo o dia é o dia de começar, continuar, recomeçar e se dar uma nova chance. Estar na presença de Deus é tudo na vida de uma pessoa e ler a sua Palavra Sagrada pode fazer a diferença entre vencer e perder. Faça a sua escolha e seja um VENCEDOR EM CRISTO JESUS. LEIA A BÍBLIA A PARTIR DE AGORA!

domingo, 28 de dezembro de 2014

Leitura Bíblica 360º dia



Zacarías 9


1         A sentença pronunciada pelo SENHOR é contra a terra de Hadraque e repousa sobre Damasco, porque o SENHOR põe os olhos sobre os homens e sobre todas as tribos de Israel;

 2        também repousa sobre Hamate, que confina com ele, sobre Tiro e Sidom, cuja sabedoria é grande.

 3        Tiro edificou para si fortalezas e amontoou prata como o pó e ouro, como a lama das ruas.

 4        Eis que o Senhor a despojará e precipitará no mar a sua força; e ela será consumida pelo fogo.

 5        Asquelom o verá e temerá; também Gaza e terá grande dor; igualmente Ecrom, porque a sua esperança será iludida; o rei de Gaza perecerá, e Asquelom não será habitada.

 6        Povo bastardo habitará em Asdode, e exterminarei a soberba dos filisteus.

 7        Da boca destes tirarei o sangue dos sacrifícios idólatras e, dentre os seus dentes, tais abominações; então, ficarão eles como um restante para o nosso Deus; e serão como chefes em Judá, e Ecrom, como jebuseu.

 8        Acampar-me-ei ao redor da minha casa para defendê-la contra forças militantes, para que ninguém passe, nem volte; que não passe mais sobre eles o opressor; porque, agora, vejo isso com os meus olhos.

 9        Alegra-te muito, ó filha de Sião; exulta, ó filha de Jerusalém: eis aí te vem o teu Rei, justo e salvador, humilde, montado em jumento, num jumentinho, cria de jumenta.

 10      Destruirei os carros de Efraim e os cavalos de Jerusalém, e o arco de guerra será destruído. Ele anunciará paz às nações; o seu domínio se estenderá de mar a mar e desde o Eufrates até às extremidades da terra.

 11      Quanto a ti, Sião, por causa do sangue da tua aliança, tirei os teus cativos da cova em que não havia água.

 12      Voltai à fortaleza, ó presos de esperança; também, hoje, vos anuncio que tudo vos restituirei em dobro.

 13      Porque para mim curvei Judá como um arco e o enchi de Efraim; suscitarei a teus filhos, ó Sião, contra os teus filhos, ó Grécia! E te porei, ó Sião, como a espada de um valente.

 14      O SENHOR será visto sobre os filhos de Sião, e as suas flechas sairão como o relâmpago; o SENHOR Deus fará soar a trombeta e irá com os redemoinhos do Sul.

 15      O SENHOR dos Exércitos os protegerá; eles devorarão os fundibulários e os pisarão; também beberão deles o sangue como vinho; encher-se-ão como bacias do sacrifício e ficarão ensopados como os cantos do altar.

 16      O SENHOR, seu Deus, naquele dia, os salvará, como ao rebanho do seu povo; porque eles são pedras de uma coroa e resplandecem na terra dele.

 17      Pois quão grande é a sua bondade! E quão grande, a sua formosura! O cereal fará florescer os jovens, e o vinho, as donzelas.

Apocalipse 17


1         Veio um dos sete anjos que têm as sete taças e falou comigo, dizendo: Vem, mostrar-te-ei o julgamento da grande meretriz que se acha sentada sobre muitas águas,

 2        com quem se prostituíram os reis da terra; e, com o vinho de sua devassidão, foi que se embebedaram os que habitam na terra.

 3        Transportou-me o anjo, em espírito, a um deserto e vi uma mulher montada numa besta escarlate, besta repleta de nomes de blasfêmia, com sete cabeças e dez chifres.

 4        Achava-se a mulher vestida de púrpura e de escarlata, adornada de ouro, de pedras preciosas e de pérolas, tendo na mão um cálice de ouro transbordante de abominações e com as imundícias da sua prostituição.

 5        Na sua fronte, achava-se escrito um nome, um mistério: BABILÔNIA, A GRANDE, A MÃE DAS MERETRIZES E DAS ABOMINAÇÕES DA TERRA.

 6        Então, vi a mulher embriagada com o sangue dos santos e com o sangue das testemunhas de Jesus; e, quando a vi, admirei-me com grande espanto.

 7        O anjo, porém, me disse: Por que te admiraste? Dir-te-ei o mistério da mulher e da besta que tem as sete cabeças e os dez chifres e que leva a mulher:

 8        a besta que viste, era e não é, está para emergir do abismo e caminha para a destruição. E aqueles que habitam sobre a terra, cujos nomes não foram escritos no Livro da Vida desde a fundação do mundo, se admirarão, vendo a besta que era e não é, mas aparecerá.

 9        Aqui está o sentido, que tem sabedoria: as sete cabeças são sete montes, nos quais a mulher está sentada. São também sete reis,

 10      dos quais caíram cinco, um existe, e o outro ainda não chegou; e, quando chegar, tem de durar pouco.

 11      E a besta, que era e não é, também é ele, o oitavo rei, e procede dos sete, e caminha para a destruição.

 12      Os dez chifres que viste são dez reis, os quais ainda não receberam reino, mas recebem autoridade como reis, com a besta, durante uma hora.

 13      Têm estes um só pensamento e oferecem à besta o poder e a autoridade que possuem.

 14      Pelejarão eles contra o Cordeiro, e o Cordeiro os vencerá, pois é o Senhor dos senhores e o Rei dos reis; vencerão também os chamados, eleitos e fiéis que se acham com ele.

 15      Falou-me ainda: As águas que viste, onde a meretriz está assentada, são povos, multidões, nações e línguas.

 16      Os dez chifres que viste e a besta, esses odiarão a meretriz, e a farão devastada e despojada, e lhe comerão as carnes, e a consumirão no fogo.

 17      Porque em seu coração incutiu Deus que realizem o seu pensamento, o executem à uma e dêem à besta o reino que possuem, até que se cumpram as palavras de Deus.

 18      A mulher que viste é a grande cidade que domina sobre os reis da terra.

Salmos 145


1         Exaltar-te-ei, ó Deus meu e Rei; bendirei o teu nome para todo o sempre.

 2        Todos os dias te bendirei e louvarei o teu nome para todo o sempre.

 3        Grande é o SENHOR e mui digno de ser louvado; a sua grandeza é insondável.

 4        Uma geração louvará a outra geração as tuas obras e anunciará os teus poderosos feitos.

 5        Meditarei no glorioso esplendor da tua majestade e nas tuas maravilhas.

 6        Falar-se-á do poder dos teus feitos tremendos, e contarei a tua grandeza.

 7        Divulgarão a memória de tua muita bondade e com júbilo celebrarão a tua justiça.

 8        Benigno e misericordioso é o SENHOR, tardio em irar-se e de grande clemência.

 9        O SENHOR é bom para todos, e as suas ternas misericórdias permeiam todas as suas obras.

 10      Todas as tuas obras te renderão graças, SENHOR; e os teus santos te bendirão.

 11      Falarão da glória do teu reino e confessarão o teu poder,

 12      para que aos filhos dos homens se façam notórios os teus poderosos feitos e a glória da majestade do teu reino.

 13      O teu reino é o de todos os séculos, e o teu domínio subsiste por todas as gerações. O SENHOR é fiel em todas as suas palavras e santo em todas as suas obras.

 14      O SENHOR sustém os que vacilam e apruma todos os prostrados.

 15      Em ti esperam os olhos de todos, e tu, a seu tempo, lhes dás o alimento.

 16      Abres a mão e satisfazes de benevolência a todo vivente.

 17      Justo é o SENHOR em todos os seus caminhos, benigno em todas as suas obras.

 18      Perto está o SENHOR de todos os que o invocam, de todos os que o invocam em verdade.

 19      Ele acode à vontade dos que o temem; atende-lhes o clamor e os salva.

 20      O SENHOR guarda a todos os que o amam; porém os ímpios serão exterminados.

 21      Profira a minha boca louvores ao SENHOR, e toda carne louve o seu santo nome, para todo o sempre.

Provérbios 30.32


32       Se procedeste insensatamente em te exaltares ou se maquinaste o mal, põe a mão na boca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário